LuIvanike

↑ Grab this Headline Animator

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

FEIRA DO CONHECIMENTO

Na quarta-feira passada, a escolinha da minha filha realizou a Feira do Conhecimento. Cada turma expôs atividades sobre determinado assunto e as ilustração do tema ficou por conta de sucatas.
Não é porque teve a participação da minha filha, mas ficou lindo demais. Digno das lágrimas que derramei!
A salinha dela fez sobre Animais Marinhos, mas os trabalhos incluiam vários anmimais de diferentes ambientes. orboletas com filtro de café usado, cobra com jornal e meia calça velha, abelhas com rolos de papel higiênicos, fantoches com caixinhas de pasta de dentes. Usaram de muita criatividade e capricho, Além de colocarem as crianças para explicar aos pais cada trabalho exposto!
Nossa! Como fiquei orgulhosa em ter matriculado minha filhota naquela escolinha! Como fiquei feliz em ver o quanto se produz e se atiça a imaginação das crianaças utilizando lixo (e não ficou de lado em casa, porque a Dani brinca com os trabalhos que ela ajudou a produzir).
Foram dois meses juntando caixas, garrafas e mandando para a escola. Foram dois meses de uniforme sujo de guache. Mas ficou tão lindo que a mãe coruja aqui tinha que dividir!
A minha participação ficou limitada ao envio da sucata. Mas a participação das crianças foi ativa!
E você? Tem participado da vida escolar de seu filho?
Comente aqui o que tem feito para que a vida escolar de seu filho não seja esquecida e possa ser a mais enriquecedora possível para ele no futuro. Participe do Concurso Escola e concorra ao livro A Menina que Queria ser Anjo . Basta deixar aqui seu relato sobre a forma que você faz a diferença na escola do seu filho!
Boa sorte!

6 comentários:

Luhh disse...

além do material de sucata ter ficado realmente lindo e muito divertido... é muito importante a participação que vc tem com a escola, a tomo de exemplo.
não tenho essa oportunidade, ainda, mas sei a importância que isso tem pra Daniela, pois fazia materiais desse tipo e o valor que minha mãe dava.. era super importante, ainda é.
Continue sempre assim e dando essa educação linda pra filhota!

E.R.L. disse...

eu sou professora na escolda do vi. mas não de sala, e o que eu fiz foi uma intervenção, e tive qye ir contra tudo e todos.

tem uma terceira série que é a junção de duas segundas muito diferentes: uma estudiosa e obediente e outra muito zoneira e sem limites. Enfim, uma sala enorme se formou esse ano e uiniu dois alunos de inclusão mais um aluno novo, recém adotado, qu era menino de rua... já viram a confusão né? são tachados de "TURMA IMPOSSÍVEL" por todos.

é de se desesperar e dar um perdido na turma certo? errado, não só resolvi "presentea-los" com aulas de flauta (exclusividade deles)como na festa junina fiz a apresentação mais legal deles, tocando asa branca e depois improvisando danças e baião corporal no meio da roda, que eles tanto queriam... a turma recuperou o prestígio e provou pra direção que eles são capazes! e o meninos de inclusão num orgulho só!

Renata disse...

Nossa, fiquei curiosa pra ver essas artes, devem ter ficado maravilhosas mesmo. Tem foto não?
As crianças tem uma capacidade surpreendente, não?
beijo
Renata

Lu Ivanike disse...

Luhh
Olha, não querendo ser coruja, mas os trabalhos ficaram lindos mesmo! E qualquer coisa fita com empenho deve ser valorizado. Não é porque foi feito de sucata que tem menos valor que qualquer outro brinquedo!
Obrigada Lu!!!!!

Lu Ivanike disse...

Estrela
Sabe que eu também sempre tive uma facilidade em lidar com turmas tachadas de difíceis. Para mim a dificuldade é a falta de elasticidade dos educadores. E também a preguiça de mudar o planejamento em prol de alguns alunos. Mas quam ganha somos nós, porque tenho certeza que você agora é a "mulher maravilha" desta turma! O simples fato de darmos valor às diferentes habilidades dos alunos os faz sentir importantes e fazer tudo com mais carinho!
Parabéns pela iniciativa!!!!!
E obrigada pela participação!
Beijos

Lu Ivanike disse...

Re, você não faz idéia da imaginação que esses brinquedos despertaram na Dani! Ela fica muito tempo viajando na garrafa pet com peixes de celofane e purpurina azul. É muito fofo!
Vou tentar fotografar os brinquedos e coloco aqui!
Beijos